Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros, Colocação e Administração de Mão-de-Obra, Trabalho Temporário, Leitura de Medidores e de Entrega de Avisos no Estado do Paraná.

Rua Nilo Cairo, 450 - Centro - Curitiba/PR - CEP: 80060-050 - Telefone: (41) 3014-7331
Filiado à:

SINEEPRES modernizou sua logomarca

       SINEEPRES modernizou sua logomarca

logonova-02.jpgPara comemorar seus 20 anos de reconhecimento, o SINEEPRES modernizou sua  logomarca. Com essa ação o sindicato remete  ainda mais sua comunicação aos novos tempos e novas tecnologias.  

O presidente da entidade, Paulo Rossi, explica que durante essas duas décadas o sindicato conseguiu se solidificar, ampliando as conquistas salariais e benefícios sociais para toda a categoria. "Apesar das tentativas do último e atual governo (Temer e Bolsonaro), em enfraquecer o movimento sindical, e por consequência retirar todos os direitos dos trabalhadores, tais como: FGTS, 13º salário, férias, os verdadeiros sindicatos combativos e com articulação estão na luta e em defesa dos seus representados, e o SINEEPRES, para nosso orgulho, encontra-se nessa situação.

As categorias representadas pelo SINEEPRES são as seguintes: Empregados em empresas de prestação de serviços a terceiros, empresas prestadoras de serviços nas áreas de leitura, medição e entrega de avisos de consumo de energia elétrica e gás encanado, empregados em empresas de colocação e administração de mão-de-obra temporária, seleção e agenciamento de mão-de-obra, empregados em empresas de trabalho temporário regidos pela Lei 6.019/74, empregados em agências de emprego, recrutamento, seleção de pessoal e de recursos humanos, empregados em empresas do ramo de sistemas eletrônicos de segurança, de modo geral, abrangendo as atividades de comercialização de produtos, prestação de serviços, projetos, instalações, monitoramento, manutenção, inspeção técnica e assistência técnica de sistemas eletrônicos, empregados em empresas de prestação de serviços auxiliares do transporte aéreo, empregados em empresas franqueadas dos Correios.

 

Post Mario de Gomes – assessoria de imprensa